Telefone:
(51) 3245-8900
contato@
ahvn.com.br

Home   >   Hospital Vila Nova inaugura novo prédio com centro oftalmológico

Hospital Vila Nova inaugura novo prédio com centro oftalmológico

Suzy Scarton

Os moradores da zona Sul de Porto Alegre contam agora com mais um reforço na área da saúde. Trata-se da ampliação do Hospital Vila Nova, que inaugurou, na tarde de ontem, um novo prédio com serviços de oftalmologia. Um serviço de tomografia, que não existia antes no hospital, também foi instalado.

O presidente da Associação Hospitalar Vila Nova, Dirceu Beltrame Dal’Molin, não escondeu o orgulho da conquista do hospital. Desde que se tornou completamente dedicado ao atendimento de pacientes vinculados ao Sistema Único de Saúde (SUS), em 2011, o estabelecimento se dedica ao trato com humanidade dos pacientes. Em 2015, o Vila Nova completa 50 anos. “Esperamos que, quando da comemoração do aniversário, possamos também anunciar a ampliação do setor emergencial, nosso sonho antigo”, conjecturou o diretor.

O centro oftalmológico, localizado em um prédio totalmente novo, contará com dois consultórios, duas salas de exame e um bloco cirúrgico, além de duas salas administrativas. Com o atendimento ampliado, o diretor estima que 650 novas consultas possam ser realizadas por mês. Além disso, o hospital não possuía um setor de tomografia. Agora, os exames podem ser realizados lá mesmo, facilitando o atendimento dos pacientes. O espaço também agrega mais duas salas, uma para a recuperação de exames de endoscopia e colonoscopia, e outra para o programa Melhor em Casa, que consiste no atendimento domiciliar de pacientes que não precisam ficar internados. “A medida é benéfica porque faz com que vários leitos possam ser liberados, aumentando o fluxo de passagem dos pacientes.”

Uma série de boas novas envolve o hospital. Na ocasião da inauguração, o secretário municipal de Saúde, Carlos Henrique Casartelli, anunciou que a instituição obteve, junto ao Ministério da Saúde, parecer favorável para ser incluído no ProSus, programa que permite que, em um prazo de 15 anos, o estabelecimento quite a dívida que possui com a União. “Esse tipo de programa é muito importante para hospitais como o Vila Nova, que se encontram em situação muito boa atualmente, mas possuem essas dívidas do passado.” O estabelecimento precisa, a partir de agora, manter as arrecadações federais e impostos em dia para que, a partir do 15º ano, possa ser liberado da dívida. O parecer deve ser publicado nos próximos dias no Diário Oficial da União e, de acordo com o secretário, o Vila Nova é o primeiro hospital da Capital a obter a decisão favorável.

Para o prefeito José Fortunati, o hospital atende a demandas que outros estabelecimentos de saúde se recusam a fazer. “Trata-se de uma equipe abnegada que se preocupa com pacientes que são recusados por outros hospitais”, exclamou. O local atende a detentos do sistema prisional. A prefeitura, que investiu um total de R$ 1,5 milhão nas obras do estabelecimento, constatou que o sistema de saúde de Porto Alegre atende a 60% de pacientes do Interior e 40% da cidade. “Esse percentual só demonstra o avanço e a melhoria do SUS, cuja procura aumentou bastante”, comentou o prefeito. Fortunati destacou também a importância do retorno da linha de ônibus que passava exatamente em frente ao hospital e garantiu que a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) já está em conversações para que a instalação seja providenciada.

Fonte: jcrs.uol.com.br/