Telefone:
(51) 3245-8900
contato@
ahvn.com.br

Home   >   Governador e prefeito da Capital conferem instalações do Vila Nova

Governador e prefeito da Capital conferem instalações do Vila Nova

O govenador do Estado, Eduardo Leite, e o prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior, visitaram as instalações da Associação Hospitalar Vila Nova (AHVN), na manhã desta terça-feira (31), onde serão construídos 66 novos leitos de enfermaria. O espaço será destinado para pacientes infectados com coronavírus, que necessitarem de internação de média complexidade. Serão montadas duas unidades (14 e 15) onde já existe a estrutura física, porém ainda não há divisórias, equipamentos e leitos.

“O local será custeado pela Prefeitura da Capital, com recursos da ordem de R$ 3,5 milhões”, revela o presidente da AHVN, Dirceu Dal’Molin. Segundo ele, as duas unidades, contando com 33 vagas cada uma, deverão ser entregues até o dia 30 de abril. “Quando houver a necessidade de encaminhamento para a UTI, utilizaremos os hospitais de referência Conceição e Clínicas”, acrescenta Dal’Molin.

O governo gaúcho também espera entregar 20 novos leitos de UTI, custeados pelo próprio Estado (R$ 3 milhões) e por emendas da bancada federal (R$ 3 milhões). Leite destacou que o governo está empenhado em reforçar ao máximo a rede de atendimento de saúde para minimizar os impactos da pandemia no Estado. “O isolamento social é importante também para ganharmos tempo e para que possamos ampliar a nossa rede. É fundamental que a disseminação do coronavírus se mantenha dentro de níveis que nos permitam atender a todos os pacientes que estiverem infectados. Por isso, precisamos valorizar o trabalho feito por instituições como a Associação Hospitalar Vila Nova”, afirmou.

O prefeito da Capital participou da visita e reforçou que a instituição tem um papel ainda mais importante durante a pandemia, já que é 100% dedicado ao atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Ontem, a AHVN iniciou atendimento em tenda externa para pacientes com sinais e sintomas para Covid-19. O serviço, que funciona das 7h às 19h, está localizado ao lado do setor de Emergência e dispõe de equipes de atendimento com médico, enfermeiro, técnico de enfermagem, profissionais da área administrativa e de higienização para cada turno.